Este ano, apostei em viajar pelo meu pais, começando em Aveiro, Pinhão-Favaios, Miranda do Douro e Porto.
Em Miranda do Douro, eu e a minha mulher, num dos jantares provámos o vinho Lhéngua Mirandesa.
Este vinho surge como uma homenagem à lingua Mirandesa, segunda lingua oficial de Portugal, falada nos concelhos de Miranda do Douro e Vimioso, num espaço dee pouco mais de 500 Km2, por cerca de 10,000 pessoas.

A simpatia dos funcionários do Restaurante São Pedro, aconselharam-nos este vinho, sendo o vinho da casa, logo mal provámos, adorámos.

Um jantar fantástico com a maravilhosa carne charolesa de Miranda do Douro.

Tentámos na altura ir a Sendim à Cooperativa Agricola, origem do vinho, mas não conseguimos, mas ao chegar a casa, fiz a pesquisa e encontrei o site Mercado dos Sabores Mirandeses.

Realizei uma encomenda de vários vinhos e em pouco tempo, foram-me entregues em casa.